segunda-feira, 2 de novembro de 2009

DIVULGAÇÃO: CORPO MUNICIPAL DE TEATRO DE ATIBAIA GANHA CORPO

por Nivaldo Todaro e Rafael Carvalho


O CMT - Corpo Municipal de Teatro iniciou suas atividades acerca de dois meses, por iniciativa da Secretaria de Cultura e Eventos, visando a formação artística de um corpo estável de teatro que atue como multiplicador e agente de formação em atividades focadas na produção teatral na cidade de Atibaia.
Com a preocupação de agregar valores e responsabilidades no processo de formação do ator, o CMT pretende contribuir para o desenvolvimento humano e intelectual do indivíduo. Para isto, foram planejadas intencionalmente aulas que contemplam estudos teóricos e práticas teatrais, passando por vivências, jogos, exercícios, leituras dramáticas, improvisações de cenas, dinâmicas, meditações e trabalhos corporais, visando o processo de autoconhecimento do aluno. É sabido que somente por meio de jogos é que podemos encontrar diversão e humor, elementos estes que promovem um caminho aberto para liberdade de criação e expressão artística, o que é essencial para o desenvolvimento do trabalho do ator.
O teatro que procuramos vai de encontro à essência do homem que se relaciona com todas as coisas a todo o momento. Interessa-nos o indivíduo com seus problemas existenciais e espirituais; o homem como um ser político, social e cultural; com liberdade de ação, investigativo e reflexivo; enfim, longe de estereótipos que o tornam um ser monocórdio e repetitivo.
A partir destas reflexões é que foram atribuídos os conceitos que nortearam os princípios básicos do CMT incluindo o processo de divulgação, inscrição e seleção.
Foram inscritas 94 pessoas e selecionadas 25 que hoje fazem parte deste grupo. As aulas acontecem sempre as terças, quartas e quintas-feiras, das 19 às 21h30, em sua sede na Rua Oswaldo Urioste, 41, Centro. O curso terá a duração de 1 ano, nesta primeira fase. Como complementos do curso fazem parte workshops, palestras e oficinas com profissionais de diversas áreas, além da apreciação de espetáculos, sessões de cinema, filmes documentários, visitas a museus e exposições. Como parte da programação, no dia 18/10 p.p., visitamos o Espaço Cenográfico de J.C.Serroni, um dos mais importantes e premiados cenógrafos das últimas décadas que, generosamente, nos acompanhou durante toda a visita, além de doar livros para todos os alunos e para a biblioteca do CMT. Após, fomos assistir ao espetáculo “A Falecida Vapt-Vupt” de Nelson Rodrigues com direção de Antunes Filho no CPT – Centro de Pesquisa Teatral do SESC.
O CMT - Corpo Municipal de Teatro tem a coordenação geral do Maestro Rogério Brito, Diretor de Cultura da Secretaria de Cultura e Eventos e conta com uma equipe pedagógica de criação e produção, composta por Nivaldo Todaro (ator, produtor e diretor teatral desde 1971), Rafael Carvalho (ator, produtor e diretor teatral, formado em Artes Cênicas pela Universidade Federal de Ouro Preto), Leila Garcia (bailarina, Coreógrafa, professora e atriz desde 1981) e com apoio administrativo de Vânia Napier.
Depoimentos:

“Tudo que sinto em relação ao curso do Corpo Municipal de Teatro de Atibaia é um enorme prazer e quero descrever, de uma forma sublime, o quanto esta sendo importante este trabalho maravilhoso desenvolvido pelos professores, que mostram com muita motivação e dedicação o caminho para alcançarmos o objetivo principal desta nossa jornada. Com disciplina e conhecimento moldam-nos, como um oleiro transforma a tenra argila num deslumbrante vaso. Nas técnicas e experiência teatral sinto a responsabilidade do que é ser ator, percebo o quanto é importante a formação intelectual e a transformação de movimentos corporais em sentimentos, emoções e realismo.”
Marcos Antonio Luiz
aluno

“O Corpo Municipal de Teatro me faz resgatar a essência do humano”.
Alexsandro Santos de Oliveira
Aluno

“A partir do momento que comecei participar do corpo teatral aprendi muitas coisas, ler mais, interpretar textos e ter uma visão mais ampla sobre teatro... sou muito feliz por fazer parte desta família que é o corpo teatral.”
Edson Alexandre da Conceição
Aluno

“O teatro na minha vida é imenso. Imensidão que me ensina a viver e compreender o mundo por meio da arte e da cultura. O teatro despertou em mim valores que jamais pensei ter.”
Francisco Eulandio
Aluno

“Faço curso na ELT – Escola livre de Teatro em Santo André e comparando a qualidade de ensino do Corpo Municipal de Teatro de Atibaia é uma coisa incrível. A cidade esta muito bem servida de mestres não ficando nem um pouco atrás dos mestres da ELT. Atibaia tem de dar valor a isso!”
Filipe Ramos
estagiário

Nenhum comentário:

Postar um comentário