segunda-feira, 20 de abril de 2009

Exercício em: produção

De volta à minha terra natal, este “filho da terra” vem observando um pouco do movimento teatral que se aplaina sobre a cidade, no caso, Atibaia - SP.
Pessoas: alguns pequenos núcleos de ensaios, de idéias para novos espetáculos, aulas de teatro espalhados entre espaços particulares e escolas particulares ou públicas.
Espaços “à céu aberto” não ocupados: uma arena com capacidade para receber aproximadamente 5000 espectadores e outras espalhadas em praças públicas da cidade que acreditem, existem e muitas. Dia desses estava eu a pedalar pelas ruas do Jardim Alvinópolis e me deparo com uma pracinha com uma arena gracinha de aproximadamente 3m ou 4m de diâmetro. Pensei, puxa que bacana! Mas e daí? Como andamos ocupando esses espaços? Será que precisamos nos adaptar ao formato “rua” enquanto não temos espaços dedicados ao teatro? Ou será que devemos tomar iniciativas próprias e encabeçar projetos de espaços particulares? Afinal, esperar que o poder público ofereça um espaço amplo, com piso de madeira, encerado, com tudo à disposição, água, bolachinhas, maçã, um sistema jamais visto em todo o Brasil e por aí vai... Ah, isso não vai acontecer não. Acho que existem meios e alguns começam a perceber isso, espaços como o da Cia de Teatro Hojerizah e o Garatuja, que agora também é Ponto de Cultura, são iniciativas importantes para nossa cidade, assim como para difundirmos mais de nosso material de criação em espaços fechados também. Agora sobre a qualidade do material... Hummmm isso é outra história. Acredito que ainda temos muito que aprender e por isso não podemos deixar de buscar livros, livros e livros e em seguida assistir filmes de qualidade, promover debates, oficinas sobre um tema importante à ser abordado, discutir o que precisa ser feito para que o movimento teatral da cidade cresça! E, além disso, mostrar bom trabalho! Não só para os amigos e parentes, mas para todas as pessoas possíveis!
O exercício de realizar a produção do 1º Festival de Teatro Amador de Atibaia durante os meses de janeiro à março, foi fundamental para aprender que nem tudo podemos fazer e que nem tudo temos acesso, não entrarei em detalhes técnicos, mas o que ficou mais forte de todos os dias de trabalho foi a formação de um público, que não vou mentir, em torno de 30 a 50 pessoas que estavam ali diariamente, digo 30 ou 50 mesmas pessoas que estavam ali todos os dias, além é claro, das outras caras que completavam uma média de 150 a 200 pessoas por sessão. Enfim, o que quero dizer é que essa média de 50 pessoas fez o Festival ganhar prestígio, mais do que jurados ou grupos marcantes, fez público. E formou público sim! Não digo isso como produtor do evento, mas como observador do evento, coisa que qualquer um pode fazer. Nesse sentido, pra concluir, porque sou redundante demais, quero dizer que temos um público de 50 pessoas e que podemos transformar em 5000 se quisermos.
Comecemos pelas pracinhas, depois vamos atingir os espaços particulares e assim por diante.

Desejo a todos uma bela MERDA nessa jornada!

Rafael Carvalho
Ps. Ainda não sou uma pessoa atualizada com a nova correção ortográfica, portanto me corrijam no que for preciso!

2 comentários:

  1. Bela iniciativa! Só espero que o que vc diz seja tão bom quanto o que vc diz que faz! rsrsrs

    ResponderExcluir
  2. Concordo plenamente Rafa, bela esplanação, só penso que falta mais iniciativa por parte da prefeitura em valorizar os grupos locais no sentido de poderem levar espetáculos para a periferia, não dá para isso ficar saindo somente através de iniciativas particulares ou sob o aspecto beneficente... Os grupos daqui ainda não alcançaram espaço perante o povo da periferia, talvez porque não haja incentivo, pois todos os grupos teem trabalhos interessantissimos para serem mostrados lá, só nos falta o incentivo, porque dificilmente um grupo que tem que tirar dinheiro do próprio bolso para conseguir manter um espetáculo ou um local de ensaio vai ainda ter disponibilidade para fazer apresentações beneficentes. Fica aqui o meu apelo e parabéns pela iniciativa do blog. Se puder visite o meu tb, hehehehe (merchandising) www.dedadabrutal.blogspot.com

    ResponderExcluir